Pages

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Desabafo e indignação...

Ao longo de cada dia de todos os anos, o futuro da educação é um tema que não abandona o pensamento de centenas de pessoas por aí a fora. Muita discussão e pouca prática! Teóricos que jamais pisaram em salas de aula... políticos que querem determinar novos rumos, novas metas e perspectivas... A verdade é que se a educação já vinha pedindo socorro, hoje ela agoniza, sofre, grita e chora... Nossas políticas educacionais colocam de lado a educação, relegam a segundo plano a formação de caráter... Tudo em prol de uma estatística que mascara a realidade. Índices de evasão e reprovação irreais... bom, basta dizer que agora os alunos poderão chegar analfabetos ao quarto ano, pois até então não poderão ser reprovados... Quanta demagogia! E o que a demagogia das estatísticas de uma educação quase perfeita dirá para as famílias que perderam seus filhos onde deveriam estar seguros? O que fará para salvar as mentes de tantas crianças cujos traumas certamente se instalaram? O que dizer àqueles que não acreditam mais, que não têm mais esperanças... àqueles que estão deixando de sonhar?
Um dia que não será esquecido... pelo menos por tantas crianças e profissionais que estavam na Escola Municipal Tasso da Silveira, no Rio de Janeiro, na manhã de hoje. Um caso que lembra os massacres que apenas víamos pelos noticiários estrangeiros, pelos filmes...
É doloroso esse assunto... a nós que passamos mais tempo dentro de uma escola do que em nossas casas... a nós que vemos no dia-a-dia as mazelas e problemas de tantas crianças... Certamente todos nós somos solidários às vítimas do Rio de Janeiro... alunos, professores, funcionários... seres humanos! E é esta humanidade que nos une a todos de forma tão sólida e permanente! Mas, infelizmente, é a mesma humanidade desumana que nos causa tanta dor...
Mas resta uma certeza... passado o impacto desses fatos, tudo voltará ao "normal" alunos, professores, funcionários... todos a mercê de um sistema falido. Um sistema em que o pedagógico cede espaço ao demagógico, em que a aquisição do conhecimento e a formação da cidadania quase não mais existem...
Será que a educação ainda tem sentido? Será? Será?... Apesar de tudo ainda há profissionais que lutam, que insistem, que respiram, transpiram, inspiram, criam e recriam, na tentativa de ver a educação renascer... na esperança que ela seja Fênix... na esperança de vê-la renascer das cinzas...
Fé e esperança... Principalmente às vítimas, aos amigos e aos familiares do massacre da Escola Municipal Tasso da Silveira.

"Sonhos não morrem, apenas adormecem na alma da gente."
(Chico Xavier)

Beijinhos a todos...



3 comentários:

Luísa Q disse...

Boa noite Clau,
É muito triste o que aconteceu hoje. As suas palavras traduzem perfeitamente este momento de indignação e terror.
Mas são profissionais como você que ainda fazem sentido, que se importam e lutam pelo que acreditam.
Desejo muito força pra você e todos os professores pra que não desistam nunca desta arte maravilhosa que é educar, apesar dos pesares...
Um forte abraço.

Nile e Richard disse...

Oi Clau.
Umm texto admirável.
O que se passou ficará na história.
Acredito nos proficionais,no tempo que vira e na educação para um futuro melhor.

Mande-me o endereço para gamil,pois o htmail perdia senha e ainda não consegui recupera-la.
Bom fim de semana para voce.
bjtos.Nile.

Nina Dias disse...

Quanta falta de fé, de esperan~ça, para realizar algo dessa ordem! É sentimento de que alma humana está longe do caminho de amor e respeito! bj Nina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...