Pages

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

A hora e a vez da poesia...

Passei anos dentro de uma universidade para ser pesquisadora... quando me tornei uma vi que meu destino seria outro, a paixão pelo magistério tomou conta e a pesquisadora continou lá no mesmo lugar, mas como auxiliar da professora que surgia...
As férias estão acabando... esta semana voltamos à rotina...
Livros, cadernos, salas de aula... Crianças correndo e gritando pelos corredores, adolescentes em grupinhos pelos cantos da escola e adultos concentrados interessados no que virá de novo... Como sempre estou animada... afinal me divirto tanto quanto os pequenos, fico nos grupinhos com os maiores e me dedico como os mais velhos... Amo minha profissão!
Como a ansiedade não me deixou pensar muito em outra coisa... Trouxe algo de literatura... Não é necessário ter o conhecimento teórico para senti-la... então, por hoje fiquemos com um pouco dela:

Poesia e Poema (trecho)
Otávio Paz

A poesia é conhecimento, salvação, poder, abandono. Operação capaz de transformar o mundo, a atividade poética é revolucionária por natureza; exercício espiritual, é um método de libertação interior. A poesia revela este mundo; cria outro. Pão dos eleitos; alimento maldito. Isola; une. Convite à viagem; regresso à terra natal. Inspiração, respiração, exercício muscular. Súplica ao vazio, diálogo com a ausência, é alimentada pelo tédio, pela angústia e pelo desespero. Oração, litania, epifania, presença. Exorcismo, conjuro, magia. Sublimação, compensação, condensação do inconsciente. Expressão histórica de raças, nações, classes. Nega a história, em seu seio resolvem-se todos os conflitos objetivos e o homem adquire, afinal, aconsciência de ser algo mais que passagem. Experiência, sentimento, emoção, intuição, pensamento não-dirigido. Filha do acaso; fruto do cálculo. Arte de falar em forma superior; linguagem primitiva. Obediência às regras; criação de outras. Imitação dos antigos, cópia do real, cópia de uma cópia da Idéia. Loucura, êxtase, logos. Regresso à infância, coito, nostalgia do paraíso, do inferno, do limbo. Jogo, trabalho, atividade ascética. Confissão. Experiência inata. Visão, música, símbolo. Analogia: o poema é um caracol onde ressoa a música do mundo, e métricas e rimas são apenas correspondências, ecos, da harmonia universal. Ensinamento, moral, exemplo, revelação, dança, diálogo, monólogo. Voz do povo, língua dos escolhidos, palavra do solitário. Pura e impura, sagrada e maldita, popular e minoritária, coletiva e pessoal, nua e vestida, falada, pintada, escrita,ostenta todas as faces, embora exista quem afirme que não tem nenhuma: o poema é uma máscara que oculta o vazio, bela prova da supérflua grandeza de toda obra humana!

Infelizmente não podemos ter tudo ao mesmo tempo... O retorno às atividades implicam uma menor frequencia em minhas atividades no blog... Mas, tentarei manter pelo menos duas postagens por semana nos próximos meses... Diminuir a frequencia significa uma coisa: virei sempre saudosa e ansiosa por ver como estão as atividades de minhas queridas amigas!

Até a próxima... E tenham paciência nas minhas ausências!

Beijinhos!



13 comentários:

Angela disse...

Querida Clau, ficarei esperando ansiosamente as suas postagens!! Tudo de bom. Beijos e um ótimo dia!!

Iranilde Brissant disse...

Olá Clau,
Lindo texto...bom retorno às atividades, é muito bom fazer o que gosta.
bjs
Iranilde

Nina Dias disse...

oi Clau,obrigada pela presença sempre carinhosa e agradável no blog, vou sentir saudades de teus comentários, mas sei que é necessário e esperarei com carinho sua presença em meu blog, boa volta às aulas , beijos Nina

Waneska Ferreira disse...

Oi Clau, agradeço os elogios, fico toda boba...heheheh. [:)]
Boa volta as aulas, seja muito feliz em sua carreira. BJUS

Srtas. Moraes disse...

Passei para agradecer a visita!
Abraços e tenha uma ótima semana!

Ellen Moraes
www.arteverartesanatoecia.blogspot.com

Josinete Beatriz disse...

Olá Clau! Amei sua presença no Sonhos e Artes! Também estou te seguindo, querida! É sempre muito bom conhecermos novas pessoas e fico feliz de ter conseguido mais uma amiga virtual!Conte sempre comigo! Amei suas artes!!!Linda demais. Bjus. Josi

Vanessa Biali disse...

Oi, Clau!
Lindo texto.
Um ótimo início de ano letivo para você!
Beijos,
Vanessa

Cadinho RoCo disse...

A poesia é o desafio das definições, ou das inquietas indagações.
Cadinho RoCo

GIL disse...

Clau a gente espera...rs....bom texto sobre poesia, vou carregar comigo....bjks...Gil

Josinete Beatriz disse...

Gostei deste jardim e por isso voltei pra te desejar um final de semana feliz!Bjus. Josi

Ale Quejinho disse...

Nossa que blog mais lindo. Minha primeira vez por aqui e ja estou amando. Sou nova neste mundo e vim deixar um convite para visitar meu cantinho. Se gostar, me siga que ficarei honrada.
Ale

Marluce disse...

Oi Clau,
Obrigada pela visita ao meu blog!
Poxa, que chato, vou torcer que vocês resolvam logo o problema com os cupins. Não é mole né?
Eu vou fazer um post com boas notícias, sábado foram fazer a visita e na inspeção parece que conseguimos vencer a colônia! Pelo jeito vencemos a batalha dos cupins!
Beijos

Nile e Richard disse...

Oi LAu.
Que bom,voltamos para a escola.
Tudo de bom para voce.
O texto está lindo.
bjtos.Nile.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...