Pages

terça-feira, 22 de março de 2011

22 de março, Dia Mundial da Água

O Dia Mundial da Água foi criado pela ONU (Organização das Nações Unidas) no dia 22 de março de 1992. O dia 22 de março, de cada ano, é destinado a discussão sobre os diversos temas relacionadas a este importante bem natural.
Mas porque a ONU se preocupou com a água se sabemos que dois terços do planeta Terra é formado por este precioso líquido? A razão é que pouca quantidade, cerca de 0,008 %, do total da água do nosso planeta é potável. E como sabemos, grande parte das fontes desta água (rios, lagos e represas) está sendo contaminada, poluída e degradada pela ação predatória do homem.
No dia 22 de março de 1992, a ONU também divulgou um importante documento: a “Declaração Universal dos Direitos da Água”:

Declaração Universal dos Direitos da Água

Art. 1º - A água faz parte do patrimônio do planeta. Cada continente, cada povo, cada nação, cada região, cada cidade, cada cidadão é plenamente responsável aos olhos de todos.
Art. 2º - A água é a seiva do nosso planeta. Ela é a condição essencial de vida de todo ser vegetal, animal ou humano. Sem ela não poderíamos conceber como são a atmosfera, o clima, a vegetação, a cultura ou a agricultura. O direito à água é um dos direitos fundamentais do ser humano: o direito à vida, tal qual é estipulado do Art. 3 º da Declaração dos Direitos do Homem.
Art. 3º - Os recursos naturais de transformação da água em água potável são lentos, frágeis e muito limitados. Assim sendo, a água deve ser manipulada com racionalidade, precaução e parcimônia.
Art. 4º - O equilíbrio e o futuro do nosso planeta dependem da preservação da água e de seus ciclos. Estes devem permanecer intactos e funcionando normalmente para garantir a continuidade da vida sobre a Terra. Este equilíbrio depende, em particular, da preservação dos mares e oceanos, por onde os ciclos começam.
Art. 5º - A água não é somente uma herança dos nossos predecessores; ela é, sobretudo, um empréstimo aos nossos sucessores. Sua proteção constitui uma necessidade vital, assim como uma obrigação moral do homem para com as gerações presentes e futuras.
Art. 6º - A água não é uma doação gratuita da natureza; ela tem um valor econômico: precisa-se saber que ela é, algumas vezes, rara e dispendiosa e que pode muito bem escassear em qualquer região do mundo.
Art. 7º - A água não deve ser desperdiçada, nem poluída, nem envenenada. De maneira geral, sua utilização deve ser feita com consciência e discernimento para que não se chegue a uma situação de esgotamento ou de deterioração da qualidade das reservas atualmente disponíveis.
Art. 8º - A utilização da água implica no respeito à lei. Sua proteção constitui uma obrigação jurídica para todo homem ou grupo social que a utiliza. Esta questão não deve ser ignorada nem pelo homem nem pelo Estado.
Art. 9º - A gestão da água impõe um equilíbrio entre os imperativos de sua proteção e as necessidades de ordem econômica, sanitária e social.
Art. 10º - O planejamento da gestão da água deve levar em conta a solidariedade e o consenso em razão de sua distribuição desigual sobre a Terra.

A água não é apenas uma preocupação pela vida... mas um elemento natural que nos comunica sentimentos e emoções... Masuro Emoto, pesquisador japonês, nos mostrou como isso pode ocorrer. Ele nos fez ver as mensagens da água e como elas são importantes para nós. A água nos está dizendo para olhar mais profundamente para nós mesmos. Quando nos vemos através do espelho da água, a mensagem se torna surpreendentemente clara. Sabemos que a vida humana está conectada diretamente com a qualidade da nossa água, tanto dentro quanto fora de nós.
Masaru Emoto publicou o livro A mensagem da água, baseado em seus achados nas pesquisas que fez em todo o mundo. Se você tiver alguma dúvida de que seus pensamentos afetam tudo em você e ao seu redor a obra de Emoto, mudará a sua mente e alterará profundamente suas crenças.
Com o trabalho de Emoto, temos evidências de que a energia humana vibracional, os pensamentos, as palavras, as idéias e a música afetam a estrutura molecular da água, da mesma água que compõe 70% do corpo humano maturo e cobre a mesma porcentagem do nosso planeta. A água é a fonte de toda a vida neste planeta e sua qualidade e integridade são vitalmente importantes para todas as formas de vida. O corpo é semelhante a uma esponja e é composto de trilhões de células que contém líquidos. A qualidade de nossa vida, portanto, está diretamente ligada à qualidade da nossa água.
A água é uma substância muito maleável. Sua forma física se adapta facilmente a qualquer ambiente. Mas não é apenas isso que muda: sua forma molecular também se altera, de acordo com a energia ou as vibrações do meio ambiente. Neste sentido, a água tem a capacidade de refletir visualmente o meio ambiente, bem como o reflete também em nível molecular.
Emoto tem documentado visualmente estas modificações moleculares através de suas técnicas fotográficas. Ele congela gotículas de água e as examina em fotomicroscópio de campo escuro. Seu trabalho demonstra claramente a diversidade da estrutura molecular da água e o efeito do ambiente nessa estrutura.
A neve tem caído na Terra por milhões de anos. Cada floco de neve tem sua forma e estrutura únicas. Congelando a água e fotografando a estrutura como Emoto tem feito, consegue-se informações incríveis a respeito da água. Com isso, ele descobriu muitas diferenças fascinantes nas estruturas cristalinas da água de muitos locais e em condições diferentes, ao redor do planeta. Águas de nascentes e fontes nas montanhas mostram os lindos desenhos geométricos em seus padrões cristalinos. Água poluída e tóxica de áreas industriais e muito populosas, assim como água estagnada de caixas d’água e represas mostram estruturas cristalinas definitivamente distorcidas e formadas sem ordem. Como podemos observar:
Masuro Emoto Masuro Emoto Masuro Emoto
Fonte de Siajo - Fonte de Sabuichi Yusui - Gelo Antártico
Masuro Emoto
Da esquerda para a direita temos amostras colhidas em:
Rio Horobetsu, Hokkaido
Fonte Metori Yusui
Rio Shimanto, Kochi
Geleira do Mont Cook, Nova Zelândia
Masuro Emoto
Masuro Emoto
Masuro Emoto
Lurdes - Águas do Lago Bikawo - RioYodo
Masuro Emoto
Masuro Emoto
Represa Fujiwara antes e após uma oração
Com a recente popularidade da musicoterapia, Emoto decidiu observar os efeitos que a música tem na estruturação da água. Ele colocou água destilada entre dois alto-falantes durante algumas horas e então fotografou os cristais que se formaram após a água ter sido congelada.
Masuro Emoto
Da esquerda para a direita temos as moléculas da água quando expostas às seguintes produções musicais:
“Pastoral”, de Beethoven
"Ária na Quarta Corda”, de Bach
Sutra do Tibete
Masuro Emoto Masuro Emoto Masuro Emoto
"Goldberg” - Dança Folclórica Kawachi - "Hado"
Masuro Emoto Masuro Emoto
Chopin - Heavy Metal
Após verificar que a água reage a diferentes condições ambientais, à poluição, à música, etc... Emoto e seus colaboradores decidiram observar como os pensamentos e as palavras afetam a formação de cristais em água destilada, não tratada, usando palavras datilografadas em papel e coladas à parte de fora de garrafas de água, durante uma noite. O mesmo processo foi realizado utilizando os nomes de pessoas já mortas. As águas foram então congeladas e fotografadas.
Masuro Emoto
As etiquetados continham as seguintes palavras, da esquerda para a direita:
Água destilada não tratada
Amor e Estima
Obrigado
Masuro Emoto
Novamente os recipientes receberam etiquetas, desta vez com as palavras:
Você me enoja. Eu vou te matar.
Adolph Hitler
Madre Teresa
Estas fotos mostram as incríveis reflexões da água, elemento vivo, respondendo a todas as emoções e sentimentos. Está claro que a água facilmente incorpora as vibrações e a energia de seu meio ambiente, seja ele tóxico, poluído ou naturalmente puro.
Masuro Emoto
Que não apenas num dia simbólico, mas que em cada dia de nossa vida possamos tratar a água com dignidade e respeito. Ela que nos proporciona a vida, sem nada nos cobrar por isso... Ela que nos comunica, de forma tão bela e delicada, seus sentimentos e emoções, a nós que ainda não aprendemos a ouvi-la. A nós que diante de seus diamantes comunicativos de emoções apenas calamos, por não sabermos como comunicar... A nós, que a medida que evoluímos nossa tecnologia, involuímos nossa comunicação e nossa emoção. Que Deus não nos permita chegar ao momento em que voltemos a grunhir...

Felicidade e consciência a todos nós!
Beijinhos




6 comentários:

Claudiana (25/11/2010) disse...

E ai tudo bem?
Passei para avisar que tem um prêmio lá no blog pra vc. Bjos

Nina Dias disse...

Que interessante e maravilhoso!Por isso acho que as palavras te poder, tanto no subconsciente quento nas vibrações! beijos Adorei

Marion disse...

Bem lembrado! Incrível tudo isso...

Camila França disse...

Adorei seu blog.

Vi que vc tem um Elgin Supéria, e estou querendo MUITO comprar uma dessa pra mim... Vale a pena?

Beijão.

Ah, segui!

Claudiana (25/11/2010) disse...

Oi tudo bem?
Tem uma gota no oceano lá no meu blog pra vc. Ótimo fim de semana. Bjos

Marion disse...

Oi, querida - tudo bem contigo? Estou te vendo silenciosa nos últimos dias... Espero que seja "só" o acúmulo de tarefas e nada mais...! Bj

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...